Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Cadeia de supermercados desperdiça 28 mil toneladas de alimentos em seis meses

Mäyjo, 05.12.13

Cadeia de supermercados desperdiça 28 mil toneladas de alimentos em seis meses

 

A Tesco revelou, pela primeira vez, a verdadeira escala dos resíduos alimentares que gera e prometeu intensificar os esforços para resolver o problema. A cadeia de supermercados britânica admitiu que 65% da sua salada embalada acaba no lixo, tal como 40% das suas maçãs e um pouco menos de metade dos seus pães e bolos.

A empresa desperdiça ainda um quarto das suas uvas e um quinto de todas as bananas. No total, a Tesco revelou que foram desperdiçadas no primeiro semestre deste ano 28.500 toneladas da sua comida.

Grande parte da culpa de todo este desperdício por parte dos supermercados reside nas múltiplas ofertas de compra que podem induzir os consumidores a comprarem mais alimentos do que aqueles que realmente precisam. A Tesco adiantou que 35% da salada desperdiçada é armazenada em casa e que uma em cada 10 bananas compradas pelos clientes acaba no lixo.

Segundo o Business Green, a empresa afirmou estar a lançar várias iniciativas para reduzir este desperdício – incluindo pôr fim às promoções de grandes sacos de salada embalada e desenvolver um novo sistema de controlo de temperatura para conservar as bananas.

“Todos temos a responsabilidade de lidar com o desperdício alimentar e não há uma única solução rápida”, disse Matt Simister, director comercial do grupo de alimentos da empresa. “As famílias estão a perder €827 (R$ 2.445) por ano e queremos ajudá-las a manter esse dinheiro no bolso, em vez de o deitar fora.”

Estas medidas surgem numa altura em que se espera que seis países – incluindo a Dinamarca, a China e o México – revelem uma nova iniciativa destinada a medir os níveis globais de resíduos alimentares, como parte de um esforço mais amplo para criar economias mais eficientes em recursos.

A primeira-ministra dinamarquesa, Helle Thorning-Schmidt, disse que através da parceria entre países será possível desenvolver um protocolo que ajude a reduzir o desperdício. “Se pudermos medir o desperdício de alimentos, podemos a seguir reduzir significativamente o próprio lixo”, disse ela.

 

in: Green Savers